2. Seminários

 “AMÉRICA LATINA: 500 ANOS”  pela FAFIMC (Faculdade Nossa Senhora da Imaculada Conceição) em outubro de 1992, Viamão RS.

“BÍBLIA, TEOLOGIA, PASTORAL, IGREJA E SOCIEDADE” pelo CESEP (Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular em 1993, São Paulo SP.

“EXISTENCIALIMSO” pela FAFIMC (Faculdade Nossa Senhora da Imaculada Conceição) em outubro de 1993, Viamão RS.

“TEOLOGIA DA REVELACÃO NA MODERNIDADE” pela AEC/RS (Associação de Educação Católica do Rio Grande do Sul) em julho de 1996, Porto Alegre RS.

“OS CRISTÃOS E A QUESTÃO DA TERRA” pela ESTEF (Escola Superior de Teologia e Espiritualidade Franciscana) em abril de 1998, Porto Alegre RS.

“Uma Ética para Tempos Difíceis” pela UNISINOS (Universidade do Vale dos Sinos) em novembro de 2000, São Leopoldo RS.

“AD GENTES”: Missão sem Fronteira, pelo CCM (Centro Cultural Missionário), organismo da CNBB, em novembro e dezembro de 2000, Brasília, DF.

 “Huwelijk en kerkelijkrechten” (O Matrimônio e o Direito Canônico)  pela Tilburg University (Universidade de Tilburgo – Holanda) em Paramaribo – Suriname, 2008.

 “Teologia e Ciências da Religião: Interfaces” pela UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE em maio de 2011, São Paulo, SP.

Congresso de Teologia Moral e Ética. “Alegrias e Esperanças, Tristezas e Angústicas: ética em mudanças de época”, pela Pontíficia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, 2012.

Colloquio Annuale di Dottrina Sociale Della Chiesa. “ Il Denaro deve servire non governare”. – Pontíficia Università Lateranense, Roma, Itália, 2013.

  • Lo spazio politico e giurindico della Dottrina Sociale della Chiesa nel mondo globalizado: istituzioni e regole di gioco.
  • Popoli e mercati: per una governance sussidiaria dei processi economici.
  • Ordine politico ed economico alla luce della Dottrina Sociale della Chiesa: Interdipendenza e Globalizzazione.

Colloquio Annuale di Dottrina Sociale Della Chiesa. “Poveri e Ricchi – La sfida: istituzionalizzare l’inclusione sociale” – Pontíficia Università Lateranense, Roma, Itália, 2014.

  • Capaci di inlcusione: attori sociali, economici e politici nello spazio globale
  • Le forme d’impresa tra Dottina sociale della Chiesa ed economia sociale di mercato
  • La missione cattolica della Chiesa. Una comunione e una novitá de vita offerte a tutti
  • Un ordine economico e monetario coerente com la Dottrina Sociale della Chiesa e l’economia sociale di mercato
  • La coesione sociale da orientamento e principio: profili di diritto internazionale e dell’Unione Europea
  • Istituzionalizzare l’inclusione sociale: il caso de America Latina
  • Il povero in Evangelii Gaudium: nuove possibilità d’inclusione
  • L’economia eziendale: scienza per muovere dalla povertà alla recchezza
  • Povertà e ricchezza: aspetti antropologici ed etici
  • Oltre la coesione sociale. Per una poliarchia dinamica
  • Quale inclusione sociale? Una possibile proposta
  • Democrazia del consenso e democrazia participativa di fronte alla sfida istituzionale ed economica
  • Mobilità sociale e regole del gioco
  • L’avvenire del cattolicesimo al tempo delle democrazie plualiste.

“FORMAÇÃO BÍBLICO-TEOLÓGICO MINISTERIAL”.  Encontros semanais de nível  superior para líderes das Paróquias Nossa Senhora das Graças, Sagrada Família e Nossa Senhora do Rosário, Lages, SC, 2015 e 2016 com os seguintes enfoques:

  • A MINISTERIALIDADE NA BÍBLIA: A nossa carta sois vós, uma carta escrita nos corações, conhecida e lida por todos os homens. Vós  sois a carta de Cristo, confiada ao nosso ministério, escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo; não em tábuas de pedra, mas em tábuas de carne que são os vossos corações. (2Cor 3,2-3).  
  • No tempo do Antigo Testamento, havia dos tipos de ministérios:
  • o levítico e o profético.
  • Os juízes, sempre é bom lembrar, não eram ministros religiosos, mas magistrados civis e líderes levantados por Deus para conduzir a nação israelita em momentos de grande adversidade.
  • Já os levitas e sacerdotes, bem como os profetas, eram ministérios essencialmente religiosos.
  • Neste breve estudo, vamos abordar o sacerdócio levítico e o ministério profético.
  • OS LUGARES TEOLÓGICOS: Este articula dois lugares teológicos principais:
    1. a) as fontes históricas da fé cristã, o Evento Jesus Cristo, com sua preparação no povo de Israel e seu desdobramento na vida da Igreja (teologia histórico-sistemática);
    2. b) a vida da comunidade cristã, como resultante do acima exposto, em meio aos desafios do mundo atual (práxis cristã). Esta dupla dimensão é levada à consciência desde o início do curso, mediante uma descrição do “Fato Cristão”, que proporciona a impostação própria do curso.
  • Propõe-se, portanto, um pensar circular. Não, porém, um círculo fechado, e sim uma espiral aberta, tendo continuamente diante dos olhos a práxis fontal (assinalada nas “fontes da Revelação” e nos lugares teológicos da história atrás de nós); e a práxis que continuamente se projeta como afazer – história como tarefana teologia prática. Entre esses dois pólos, que são duas figuras de uma mesma manifestação de Deus entre nós, desenvolve-se o pensamento da Teologia sistemática procurando verbalizar de modo crítico o significado universal daquilo que Deus fez, faz e fará conosco, em Cristo.